Home   |   Caio Fábio   |   Notícias   |     Vem & VÊ TV   |   Loja Virtual   |   Download   |   Contato    |      En Español      In English

E-mail

Senha Pesquisa
 

 

Esqueci minha senha Ainda não tenho cadastro

Pesquisa avançada

Hoje, quinta-feira, 24 de julho de 2014

CANAIS

Mensagens da Graça

In English

Cartas

A Mente de Paulo

Informativo

A Nueza da Alma

Reflexões

Devocionais

Histórias

Artigos

Opinião

Clássicos

Notícias - Brasil | Mundo

En Español

Vem & Vê TV

Cadastre-se

Manutenção do site

 

Você é a favor da redução da maioridade penal?

Sou a favor da redução

Sou contrário a redução

Sou a favor da redução para idade de 12 anos

Sou a favor da redução para idade de 16 anos

Sou a favor da redução para idade de 14 anos

 

Baixe gratuitamente, livros, mensagens e conteúdos diversos.

Faça agora mesmo o seu cadastro gratuito e receba informações atualizadas.

 

Página principal > A Mente de Paulo

A+  |  A-  |  Imprimir  |  Download Abrir em nova janela   |   Enviar para um amigo

O CORPO DE CRISTO NÃO É UMA CRIAÇÃO DO DOUTOR FRANKSTEIN!

A formatação do texto está ruim? Clique aqui.

I Co 12


Irmãos, quando Cristo subiu às alturas, levou cativo todo cativeiro que nos aprisionava.

Sim! quando Cristo subiu às alturas, não só nos libertou das prisões que continham o nosso ser, mas também derramou sobre nós o Seus próprios dons.

Hoje somos a igreja de Deus, somos o Corpo de Cristo!

Somos aqueles que carregam sobre a Terra os dons da Graça. E em cada um de nós há dons espirituais.

Por isso, no que diz respeito aos dons espirituais, não quero, irmãos, que vocês sejam ignorantes.

Vocês lembram do tempo em que vocês não conheciam o Evangelho da Graça de Cristo?

Naquele tempo vocês se deixavam levar pelos humores dos que atribuíam seus próprios caprichos aos ídolos que vocês serviam, e aos quais vocês se submetiam.

Naquele tempo vocês eram levados pelos caprichos dos deuses e de seus sacerdotes, e não usavam a consciência para discernir nada por vocês mesmos.

Quanta superstição!
Quanta tirania!
Quanto medo!

Mas agora, irmãos, já não tem mais que ser assim!

Em Cristo cada um tem que ter sua própria consciência; e ninguém deve mais se deixar levar ignorantemente para nada, nem tampouco pelas mãos despóticas de quem quer que seja.

Cristo é o Cabeça de todos nós!

Por isso é que quero estimular a compreensão de cada um de vocês.

Por exemplo, ninguém que fala Espírito de Deus, diz que conhecer a Jesus faz mal.

Por outro lado, ninguém pode confessar com a boca e com o coração que Jesus é o Senhor de sua própria vida, se não for pelo Espírito Santo.

O Espírito Santo é que dá testemunho acerca de Jesus, e é também Ele quem derrama os dons da Graça sobre cada um de nós.

E Ele faz isto de maneira livre!

Um só Espírito, mas por meio Dele recebemos diferentes dons, e uma imensa diversidade de realizações!

Ora, nós já dissemos, mas convém repetir: há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo!


Também há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.

E há ainda uma grande diversidade de feitos, operações e realizações, mas é o mesmo Deus quem opera tudo em todos!

A Graça de Deus gera individuação. Ela se derrama sobre cada pessoa, conforme a construção do amor de Deus em cada um.

Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um visando tanto a utilização do individuo, quanto também o proveito comunitário.

Porque a uma pessoa o Espírito concede a palavra da sabedoria; a outro individuo, o mesmo Espírito, concede a palavra da ciência e do conhecimento; a outro, pelo mesmo Espírito, é dada uma fé especial; a outro, pelo mesmo Espírito, são concedidos dons de curar; a outra pessoa o Espírito concede dons de operação de milagres; a outro individuo Ele pode dar profecia; igualmente a um outro, Ele derrama o dom de discernir os conteúdos e as naturezas dos espíritos; a outro Ele dá variedade de línguas; e ainda a outro, Ele concede a graça de interpretação de línguas.

Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada pessoa os dons que Ele mesmo deseja.

A melhor ilustração para o que digo agora, nos vem do corpo humano.

Ora, o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros do corpo, embora muitos, formam um só corpo.

Assim também é com o Corpo de Cristo, que somos nós, os que fomos batizados em um só Corpo no Espírito Santo.

Pois em um só Espírito fomos todos nós batizados em um só Corpo, sem distinção de raças, etnias, culturas, condição social, econômica, política ou de qualquer outra natureza.

Sim! a todos nós foi dado beber de um só Espírito!

Porque também o corpo humano não é um membro só, porém muitos.

Imaginem se os membros do corpo brigassem ou boicotassem uns aos outros...

Que caos não seria?
E, também, que ignorância!

Seria como se o pé dissesse: Porque não sou mão, não sou do corpo!
Ora, nem por isso deixaria de ser do corpo!

Ou imagine a orelha dizendo: Porque não sou olho, não sou do corpo!
Nem por isso, todavia, deixará de ser do corpo!

Se todo o corpo todo fosse um único olho, onde estaria o ouvido?
Se todo o corpo fosse um grande ouvido, onde estaria o olfato?

Mas Deus colocou os membros no corpo, cada um deles como quis, e deu a cada um sua própria função.

Desse modo, se todos fossem uma cópia de um só membro, onde estaria o corpo?

Porém há muitos membros, mas um só corpo!

E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de você; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de você.

Antes, os membros do corpo que parecem ser mais fracos são necessários.

E os membros do corpo que reputamos serem menos dignos, a esses revestimos com muito mais honra.

E os que em nós não são considerados decorosos, esses nós cobrimos com muito mais decoro e proteção.

Ao passo que os que nós julgamos mais importantes, esses não têm necessidade de tantos cuidados!

Mas Deus assim formou o Corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela,
para que não haja divisão no Corpo, mas para que os membros tenham igual cuidado uns dos outros.

Sim! o Corpo tem que cuidar de si mesmo, e seus membros têm que servir uns aos outros para a própria saúde e sobrevivência do Corpo!

De maneira que, se um membro do Corpo padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele.

Ora, irmãos, vocês são Corpo de Cristo, e individualmente membros uns dos outros.

Vocês não podem ser do Corpo se lutam contra o próprio Corpo.

Deus deu dons diferentes aos membros de Seu próprio Corpo, que é a igreja.

E por que Ele fez assim?

Ora, Ele assim o fez para a edificação da igreja!

Por isso, primeiramente, Deus deu os apóstolos; em segundo lugar Ele concedeu profetas; em terceiro lugar Ele instruiu mestres; depois levantou operadores de milagres; alguns receberam dons de curar; outros têm dons de socorro; outros capacidade de governar; e outros falam em variedades de línguas.

Porventura são todos apóstolos?
São todos profetas?
São todos mestres?
São todos operadores de milagres?
Têm todos dons de curar?
Falam todos em línguas?
Todos interpretam línguas?

É claro que não!

Mas procurem com zelo os dons que tragam mais edificação para o Corpo!

E não lutem uns contra os outros, tendo inveja uns dos outros, sentindo-se em permanente estado de competição com os próprios irmãos.

Graças a Deus os membros de nossos próprios corpos não agem assim, do contrário, há muito que estaríamos mortos!

Por que, então, no que concerne ao Corpo de Cristo lutamos e brigamos uns com os outros? E por que nos tratamos como se fossemos inimigos uns dos outros?

Se é assim, é porque ainda somos ignorantes e estúpidos; e ainda trazemos em nós o espírito dos antigos deuses e de seus enlouquecidos sacerdotes!

Irmãos, se somos de Cristo; se fomos batizados em Seu Corpo; se bebemos do mesmo Espírito; então, que demonstremos em cuidado mútuo, em honra, em respeito, e em gratidão que somos todos irmãos e que Jesus não reuniu em vão os filhos de Deus que andavam dispersos sobre a Terra.

A única grande demonstração histórica que o Evangelho tem para oferecer acerca da verdade que propõe, é a vivencia da Graça e da Misericórdia por parte daqueles que se dizem membros um dos outros no Corpo de Cristo.

E que quanto a isto, ninguém se engane. Pois, sem tal amar, nenhum Corpo será aparente para a Glória de Deus no mundo.



Caio

Com liberdade de compreender um pouco a mente do irmão Paulo.

2003

Copacabana



< Voltar

   

Compartilhe esta página

FACEBOOK DIGG DEL.ICIO.US TECHNORATI

Home   |   Caio Fábio   |   Notícias   |     Vem & VÊ TV   |   Loja Virtual   |   Download   |   Contato    |     En Español      In English

www.caiofabio.net  - Todos os direitos reservados. Política de privacidade e segurança