100%
Um convite a doce revolução. Vem e Vê.
Google Play Baixe o aplicativo. O evangelho no toque do seu dedo!

TEXTOS > CLÁSSICOS

Vésperas Solenes (Mozart)

Laudate Dominum

W.A. Mozart


A pouco tempo meu pai me perguntou quem, na minha opinião, era o maior compositor.  Pergunta difícil de se responder de forma objetiva, afinal de contas existem inúmeros quesitos a se pensarem.  Muitos reponsderiam Bach, outros Beethoven, ainda outros R. Wagner, porém eu não assumo que na minha opinião Mozart vem em primeiro lugar.  Isso porque a música de Mozart realmente parece ser transcendental, mais do que qualquer outra, e não surpreende que o objeto da grande obra de Pushkin, levada ao cinema na versão de Peter Schaffer dirigida por Milos Formans, seja Mozart e não outro compositor.   Enquanto outros compositores trabalham diligentemente em suas partituras, e esse trabalho pode ser percebido, a obra de Mozart parece fluir sem dificuldade de um poço eterno de inspiração.

Abaixo vai um dos seus trechos mais belos, das Vésperas Solenes.



Laudate Dominum omnes gentes                                   Louvai o Senhor, todos as nações
Laudate eum, omnes populi                                             Louvai-o, todos os povos.
Quoniam confirmata est                                                    Pois confirmada está
Super nos misericordia ejus,                                           sobre nós a sua misericórdia
Et veritas Domini manet in aeternum.                             E a verdade do Senhor permance para sempre
Gloria Patri et Filio et Spiritui Sancto.                            Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo
Sicut erat in principio, et nunc, et semper.                     como era no princípio, agora e sempre
Et in saecula saeculorum. Amen.                                    Pelo século dos séculos.  Amem.        

Ciro d'Araújo, 28 de Abril de 2009